logo_anba_pt logo_camera_pt

Egito e Jordânia formam comitê para investir na África

26/07/2017 às 19:49h

Amã – O Egito e a Jordânia decidiram formar um comitê de investimentos para criar projetos conjuntos e entrar no mercado africano via participação egípcia no Mercado Comum da África Oriental e Austral (Comesa, na sigla em inglês). As informações foram publicadas nesta quarta-feira (26) pela agência de notícias jordaniana Petra.

Em reunião realizada em Amã, capital da Jordânia, ministros dos dois países concordaram também em incentivar empresas egípcias e jordanianas a participar dos processos de reconstrução da Síria e do Iraque.

Mercado imobiliário saudita recuou 21% em junho

25/07/2017 às 15:16h

São Paulo – O total de vendas de bens imobiliários caiu 21% em junho na Arábia Saudita, para 11,5 bilhões de riais sauditas (US$ 3,066 bilhões), em comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com a agência de notícias Reuters, que cita como fonte o jornal local Al Madina. Os números recuaram principalmente pelos resultados do mercado residencial, que caiu 29% em junho em relação ao mesmo mês do ano passado.

Tradução de Sérgio Kakitani

Tunísia terá sua primeira usina solar

24/07/2017 às 19:20h

São Paulo – Começou nesta segunda-feira (24), na província de Tozeur, na Tunísia, a construção da primeira usina fotovoltaica do país. A informação foi divulgada pela agência Tunis Afrique Presse. A usina terá capacidade inicial de 10 megawatts e deve entrar em funcionamento em maio do ano que vem.

O CEO da companhia tunisiana de eletricidade e gás (STEG, na sigla em francês), Moncef Harrabi, disse à imprensa local que além de gerar oportunidades de emprego, a nova usina será um polo de pesquisa científica em energias renováveis. Segundo ele, futuramente, outros projetos deverão agregar 1 mil megawatts à capacidade de geração de energia do país. O consumo de energia elétrica na Tunísia já aumentou 11% este ano na comparação com 2016.

O Ministro da Energia, Minas e Energias Renováveis, Héla Cheikhrouhou, afirmou que o novo projeto faz parte do Plano Solar Tunisiano, cuja meta é aumentar em 30% a participação da energia solar na matriz energética nacional e gerar até 1 mil megawatts desse tipo de energia nos próximos três anos.

Tradução de Gabriel Pomerancblum

Turismo no Marrocos cresce 10%

21/07/2017 às 18:13h

Londres – O Marrocos recebeu cerca de 3 milhões de turistas nos quatro primeiros meses de 2017, um aumento de 10% sobre o mesmo período do ano passado, informou nesta sexta-feira (21) a agência de notícias marroquina Maghreb Arabe Presse (MAP). A agência diz que o setor registrou bons resultados apesar de uma conjuntura regional difícil, e cita como fonte dos dados a empresa de publicações econômicas Oxford Business Group.