logo_anba_pt logo_camera_pt

Abu Dhabi vai construir usina de dessalinização de US$ 1,2 bilhão

16/01/2018 às 19:05h

Abu Dhabi – A Autoridade de Água e Eletricidade de Abu Dhabi (Adwea, na sigla em inglês) anunciou que pretende construir uma usina de dessalinização de água no emirado orçada em US$ 1,2 bilhão. Será a maior instalação do gênero em Abu Dhabi e deverá iniciar operações em 2021, segundo informações divulgadas nesta terça-feira (16) pela Emirates News Agency (WAM).

De acordo com a Adwea, o projeto será desenvolvido numa área localizada 45 quilômetros ao norte de Abu Dhabi e terá capacidade para produzir 200 milhões de galões de água por dia (757 milhões de litros) utilizando a técnica de osmose reversa. A organização convida empresas e consórcios a manifestar eventual interesse no empreendimento. A ideia é que a usina tenha 60% de participação pública e 40% privada.

Hotel Ritz-Carlton de Riad reabre ao público

15/01/2018 às 16:54h

São Paulo – O hotel Ritz-Carlton de Riad, na Arábia Saudita, reabrirá ao público em fevereiro após servir como uma espécie de “detenção de luxo” para mais de 200 príncipes, ministros e empresários acusados de corrupção no país desde novembro do ano passado. A maioria deles teve suas contas congeladas e bens apreendidos.

No site do hotel já consta disponibilidade de quartos a partir de 14 de fevereiro. A informação é do site Arabian Business.

Marrocos reduz déficit fiscal

12/01/2018 às 16:37h

Rabat – O Marrocos registrou um déficit fiscal de 30,6 bilhões de dirhans marroquinos (US$ 3,26 bilhões) ao final de novembro de 2017, contra 38,6 bilhões de dirhans (US$ 4,1 bilhões) um ano antes. As informações foram publicadas nesta sexta-feira (12) pela agência de notícias Maghreb Arabe Presse (MAP).

Arábia Saudita flexibiliza visto para mulheres

11/01/2018 às 21:16h

Jeddah - Mulheres acima de 25 anos poderão entrar sozinhas na Arábia Saudita sem acompanhantes homens ou outros membros da família, de acordo com reportagem do jornal local Arab News.

Em entrevista ao jornal, o diretor da Comissão de Turismo e Patrimônio Nacional do país, Omar Al-Mubarak, disse que o visto de turismo será de entrada única e permanência de até 30 dias.

Oficiais sauditas acreditam que a iniciativa ajudará a incentivar visitas de estrangeiros ao reino, desenvolvendo a indústria de turismo local e criando empregos para os sauditas.