logo_anba_pt logo_camera_pt
24/04/2017 - 17:21hs
Compartilhe:

Balança comercial registra mais um superávit

Na terceira semana de abril o saldo do comércio exterior brasileiro ficou positivo em US$ 1,769 bilhão. Segundo MDIC, exportações somaram US$ 4,320 bilhões e importações US$ 2,551 bilhões.



São Paulo – A balança comercial brasileira registrou superávit na terceira semana de abril. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) na tarde da segunda-feira (24), o saldo ficou positivo em US$ 1,769 bilhão, resultado de US$ 4,320 bilhões em exportações e US$ 2,551 bilhões em importações.

Somadas as primeiras três semanas de abril, a balança alcançou US$ 5,189 bilhões em saldo positivo. As exportações totalizaram US$ 13,078 bilhões no período, enquanto as importações chegaram a US$ 7,889 bilhões. No acumulado do ano, o país exportou US$ 63,540 bilhões e importou US$ 43,394 bilhões, gerando um superávit de US$ 19,606 bilhões.

Na terceira semana de abril, composta por quatro dias úteis, a média diária de exportações ficou em US$ 1,080 bilhão, 11% superior à média da segunda semana do mês.

Segundo o MDIC, cresceram 13,4% os embarques de produtos básicos, impulsionados por petróleo em bruto, minério de ferro, farelo de soja, carne de frango, bovinos vivos e café em grão. Subiram 11,9% as exportações de manufaturados, puxadas por aviões, automóveis de passageiros, tubos flexíveis de ferro ou aço, óleos combustíveis, motores e turbinas para aviação e açúcar refinado.  

Se mantiveram praticamente estáveis as vendas externas de produtos semimanufaturados, com leve avanço de 0,4%. Os destaques foram semimanufaturados de ferro/aço, alumínio em bruto, ferro-ligas, celulose e cátodos de cobre.

Os desembarques foram 7,5% maiores na semana passada, comparado com a segunda semana de abril, alcançando uma média de US$ 637,8 milhões por dia útil. Aumentaram os gastos com equipamentos elétricos e eletrônicos, veículos automóveis e partes, químicos orgânicos e inorgânicos, instrumentos de ótica e precisão e siderúrgicos.

No acumulado do mês até a terceira semana, os embarques registraram média diária de US$ 1,006 bilhão, crescimento de 30,9% sobre o valor de abril do ano passado. Houve avanço em todas as categorias de produtos. Já a média das importações cresceu 15,5% na mesma base de comparação, chegando a US$ 606,8 milhões.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form