logo_anba_pt logo_camera_pt
06/08/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Beirute terá festival de filmes brasileiros

Cinco produções cinematográficas do Brasil poderão ser vistas na capital libanesa a partir de 30 de agosto. Biografia de Elis Regina, dramas e romances premiados fazem parte da programação.



São Paulo – A cidade de Beirute, no Líbano, receberá um festival de filmes brasileiros entre os dias 30 de agosto de 03 de setembro, no cinema Metropolis Empire Sofil. O Festival de Cinema Brasileiro terá cinco produções cinematográficas recentes e premiadas, que mostram a diversidade cultural brasileira, entre elas “Elis – O Filme”, sobre a biografia da cantora Elis Regina.

Divulgação

Filme De onde eu te vejo está na programação

O filme sobre Elis abre a mostra às 20 horas de 30 de agosto, após degustação de pão de queijo e guaraná, produtos genuinamente brasileiros, às 19 horas. A produção traz as músicas da cantora e sua história turbulenta, entre seus conflitos pessoais e o desafio à ditadura brasileira. Dirigido por Hugo Prata, o filme foi premiado pelo público no Festival de Cinema de Gramado 2016.

Também poderá ser visto no festival “A Glória e a Graça”, do diretor Flávio Tambellini, que conta a história de Graça, mãe solteira que se depara com a possibilidade de rompimento de um aneurisma cerebral e vai atrás do irmão para tomar conta dos dois filhos. Quando ele o encontra, o irmão se transformou em Gloria, um travesti bem-sucedido.

O título “Sob Pressão”, de Andrucha Waddington, faz parte da grade. É um drama que mostra o cotidiano de um médico e sua equipe, que enfrentam falta de recursos do hospital onde trabalham e precisam se decidir pelo atendimento cirúrgico entre casos de risco. O filme “De Onde eu te Vejo”, de Luiz Villaça, é uma comédia romântica sobre um casal que tenta se adaptar a uma nova realidade, a do divórcio, após vinte anos de casamento.

O outro filme brasileiro do festival de Beirute é “A cidade onde envelheço”, dirigido por Marília Rocha, que traz a personagem Francisca, portuguesa que vive no Brasil e se encontra com Teresa. A produção mostra as aventuras de cada uma, desde o fascínio de Teresa por descobrir a cidade de Belo Horizonte até a vontade de voltar para casa de Francisca.

Diuvlgação

A cidade onde envelheço: duas vivências

O festival é promovido pela Embaixada do Brasil em Beirute, o Centro Cultural Brasil-Líbano e a Associação Metropolis (Metropolis Cinema). Segundo a diretora do Centro Cultural Brasil Líbano, Najua Bazzi, o objetivo é divulgar o cinema e o audiovisual brasileiros - dentro das ações de diplomacia cultural do Itamaraty - e, com isso, também a cultura e a língua do País.

Essa é a segunda edição do festival. A primeira ocorreu em 2016 e atraiu 930 pessoas. Segundo Najua, a mostra é voltada aos brasileiros que vivem no Líbano, aos libaneses, e também a outros expatriados que moram no país. Além de divulgar a cultura do Brasil entre os estrangeiros, o festival também é uma oportunidade para brasileiros verem filmes do seu país no Líbano, afirma Najua.

Os títulos que farão parte da mostra foram selecionados pelo chefe do Setor Cultural e Educacional da Embaixada do Brasil em Beirute, Thiago Oliveira. Eles serão exibidos na versão original em português, com legendas em inglês.

O festival terá um filme por dia, sempre às 20h. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente no Metropolis ou na hora. No ano passado, houve lotação na estreia.

Serviço:

2º Festival de Cinema Brasileiro - Beirute
De 30 de agosto a 3 de setembro de 2017
Metropolis Empire Sofil
Ingressos: 8.000 libras libanesas (US$ 5,30)
Programação: http://www.metropoliscinema.net/2017/brazilian-film-festival2017/
Mais informações: 01204080 ou brasilban@itamaraty.gov.br

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form