logo_anba_pt logo_camera_pt
27/10/2017 - 16:48hs
Compartilhe:

União arrecada R$ 6 bi com rodadas de petróleo

Segunda e terceira rodadas de licitações no regime de partilha do pré-sal foram realizadas nesta sexta-feira. Foram arrematados seis de oito blocos ofertados.



Rio de Janeiro - Consórcios de empresas petrolíferas arremataram três dos quatros blocos oferecidos hoje (27) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) na Terceira Rodada de Partilha na produção do pré-sal. O leilão ofereceu áreas em que ainda é necessária atividade exploratória e acumulou um bônus de assinatura de R$ 2,85 bilhões, com uma previsão de R$ 456 milhões em investimentos. O único bloco que não recebeu propostas foi Pau Brasil, na Bacia de Santos.

Na Segunda Rodada, também realizada nesta sexta-feira, os blocos contratados renderam R$ 3,3 bilhões em bônus de assinatura e a previsão de R$ 304 milhões em investimentos. Neste caso também foram arrematados três dos quatro blocos ofertados. O único que não recebeu propostas foi o de Sudoeste de Tartaruga Verde, na Bacia de Campos.

Com os bônus de assinatura da segunda e terceira rodadas somados, o governo federal arrecadou R$ 6,15 bilhões. Os contratos seguem o regime de partilha, ou seja, parte da produção dos blocos arrematados vai para a União.

Os percentuais variam de 80% no caso do bloco Entorno de Sapinhoá, na Bacia de Santos - arrematado por um consórcio formado por Petrobras, Shell e Repsol Sinopec -, a 11,53% no caso de Sul de Gato do Mato, também na Bacia de Santos - adquirido por grupo composto por Shell e Total E&P do Brasil.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form