logo_anba_pt logo_camera_pt
06/12/2017 - 18:31hs
Compartilhe:

Emirados são destaque como destino de investimentos

País é o segundo que mais recebe investimentos estrangeiros diretos no Oriente Médio e Norte da África e o primeiro entre as nações árabes.



São Paulo – Os Emirados Árabes Unidos são o segundo maior destino de investimentos estrangeiros diretos (IED) no Oriente Médio e Norte da África, incluindo nações árabes e não árabes, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira (06) pelo Ministério da Economia do país, que promove de 09 a 11 de abril, em Dubai, o Encontro Anual de Investimentos (AIM, na sigla em inglês).

Os Emirados receberam em 2016 quase US$ 9 bilhões em IED, um aumento de 1,7% sobre 2015, de acordo com dados do Relatório Mundial de Investimentos 2017 da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad). No ano passado, o país ficou apenas atrás da Turquia na região, que recebeu quase US$ 12 bilhões. Entre os países árabes, os Emirados estão na primeira colocação, à frente do Egito (US$ 8,1 bilhões) e da Arábia Saudita (US$ 7,4 bilhões).

Segundo as informações divulgadas em comunicado pelo ministério, os setores da economia que mais atraem investimentos estrangeiros no país são comércio atacadista e varejista, imóveis, seguros e indústria de transformação.

O estoque de IED nos Emirados passou de US$ 109 bilhões em 2015 para US$ 117,9 bilhões em 2016, um crescimento de 8,2%. A indústria foi uma das grandes responsáveis por este avanço, de acordo com o comunicado. As principais origens dos investimentos são Reino Unido, Japão e Hong Kong.

O ministério detalhou estes números para reforçar a divulgação do fórum AIM, que é uma iniciativa da própria pasta. O objetivo declarado do evento é estimular o fluxo de IED entre países emergentes e em desenvolvimento. A organização espera receber cerca de 20 mil pessoas nos dias da conferência, entre investidores, empresários e representantes de governos.

“Os investimentos estrangeiros diretos podem ser utilizados como vetor para atingir o crescimento econômico sustentável. Nos Emirados, nós estamos trabalhando de forma contínua para adotar políticas e estruturas que vão nos permitir ter o melhor ambiente não só para atrair IED, mas também para reter seus efeitos positivos e consequências desejáveis”, disse o ministro da Economia dos Emirados, Sultan Bin Saeed Al Mansouri, segundo o comunicado. O país figura na 21ª posição entre 190 economias analisadas no ranking de facilidade para fazer negócios do Banco Mundial.

Em 2018, o AIM chegará à sua oitava edição que, de acordo com o ministro, “será dedicada a descobrir como parcerias entre mercados emergentes e em desenvolvimento podem ser utilizadas para fortalecer seus objetivos comuns por meio de investimentos responsáveis”.

Serviço

Annual Investment Meeting
De 09 a 11 de abril no Dubai World Trade Centre, em Dubai, Emirados Árabes Unidos
Mais informações:
Tel.: +971 4 392-3232
Fax: +971 4 392-3332
E-mail: info@aimcongress.com
Site: www.aimcongress.com

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form