logo_anba_pt logo_camera_pt
19/12/2017 - 18:15hs
Compartilhe:

Sauditas esperam déficit fiscal menor

País prevê aumento das receitas em 2018 e, consequentemente, um saldo negativo mais baixo, mesmo com crescimento também das despesas.



São Paulo – A Arábia Saudita apresentou nesta terça-feira (19) o seu orçamento para 2018, com uma expansão de gastos sobre 2017. Notícia publicada no site da revista Arabian Business, de Dubai, informa que o governo do país árabe praticará uma política expansionista na tentativa de estimular a economia local, prejudicada pelos preços baixos do petróleo.

Em 2018, a Arábia Saudita vai destinar 978 bilhões de riais sauditas, o equivalente a US$ 261 bilhões, para gastos, segundo dados do Ministério das Finanças. Para este ano, o orçamento da Arábia Saudita é de 926 bilhões de riais (US$ 246 bilhões). Ou seja, o país vai gastar 52 bilhões de riais sauditas a mais no ano que vem, ou US$ 13 bilhões pela conversão atual.

A Arábia Saudita prevê um déficit de 195 bilhões de riais (US$ 52 bilhões) no orçamento em 2018, abaixo dos 230 bilhões (US$ 61 bilhões) deste ano. O país antecipou a sua meta de equilíbrio orçamentário - prevista para 2023 - para 2019 ou ainda antes. O saldo negativo vai diminuir neste ano porque há uma previsão de aumento nas receitas, de 696 bilhões de riais (US$ 185 bilhões) em 2017 para 783 bilhões de riais (US$ 208 bilhões) em 2018.

De acordo com a Arabian Business, a receita não petrolífera deverá passar de 256 bilhões de riais (US$ 68,2 bilhões) neste ano para 291 bilhões de riais (US$ 77,5 bilhões) no próximo ano. O país vem tentando reduzir sua dependência do petróleo após colapso nos preços da commodity, que deixou os sauditas com um déficit orçamentário de US$ 100 bilhões em 2015.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form