logo_anba_pt logo_camera_pt
18/01/2018 - 17:23hs
Compartilhe:

Comitiva dos Emirados visita o Paraná

Liderado pela embaixadora Hafsa Al Ulama, grupo se reuniu com o governador Beto Richa e discutiu oportunidades de negócios.



Jaelson Lucas/ANPr

Embaixadora visitou o Paraná pela primeira vez

São Paulo – Uma comitiva liderada pela embaixadora dos Emirados Árabes Unidos em Brasília, Hafsa Al Ulama, teve reunião na manhã desta quinta-feira (18) com o governador do Paraná, Beto Richa. Na pauta, oportunidades de negócios e potenciais investimentos no estado, um grande exportador de produtos para o país árabe, especialmente carne de frango e açúcar.

Segundo Richa, o Paraná passa por um grande ciclo industrial, impulsionado pelo programa Paraná Competitivo – um plano de atração de investimentos ao estado – e pelos investimentos em infraestrutura. Entre os projetos apresentados, o governador destacou o novo traçado da Ferroeste, que ligará a cidade de Dourados, em Mato Grosso do Sul, até o porto de Paranaguá, bem como os investimentos no terminal portuário para ampliar a capacidade de embarques.

“O estado está aberto para estreitar as relações diplomáticas e a boa relação internacional com os Emirados Árabes”, afirmou Richa à Agência de Notícias do Paraná (ANPr).

Ulama destacou que existem oportunidades para expandir as exportações dos produtos paranaenses para os Emirados. Atualmente, a pauta está concentrada em açúcar e proteína animal. “Há muito potencial para expandir as exportações dos produtos paranaenses. Os Emirados Árabes Unidos podem ser um centro de reexportações de produtos”, disse à ANPr.

Presente à reunião, o diretor-chefe da Câmara de Comércio e Indústria de Dubai no Brasil, João Paulo Paixão, contou à reportagem da ANBA que, após dois anos seguidos em queda, as exportações do País aos Emirados cresceram 12% no ano passado, comparado com 2016. Os embarques paranaenses ao país árabe cresceram na mesma proporção.

Já as importações dos Emirados ao Brasil caíram 49%, mas o Paraná ampliou em 74% suas compras do país. “Houve uma grande importação de fertilizantes, principalmente ureia”, destacou Paixão.

O executivo da Câmara de Dubai disse que a visita, a primeira da embaixadora ao Paraná, teve como objetivo principal dar início a conversas que podem gerar oportunidades de negócios nas duas pontas. A entidade representa 217 mil empresas.

Além da embaixadora, do governador e de Paixão, participaram da reunião o vice-presidente da Dubai Exports, Mohammed Al Kamali, o segundo secretário da embaixada dos Emirados Árabes Unidos no Brasil, Abdelrahman Almaazmi, a gerente do First Abu Dhabi Bank, Angela Martins, e o secretário estadual de Cerimonial e Relações Internacionais, Ezequias Moreira.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form