logo_anba_pt logo_camera_pt
06/02/2018 - 18:00hs
Compartilhe:

Exportações de veículos começam 2018 com recorde

Em janeiro, montadoras brasileiras enviaram ao exterior 47 mil unidades, melhor resultado para o mês, segundo dados divulgados pela Anfavea.



São Paulo – O ano começou com novo recorde nas exportações brasileiras de veículos. Foram embarcados em janeiro pouco mais de 47 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e chassis de ônibus, o maior resultado da história para o mês. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), o volume superou em 23,6% o resultado do primeiro mês de 2017, mas ficou 23,1% abaixo do de dezembro.

“A queda registrada é normal de dezembro para janeiro. Mas janeiro foi o melhor da história. Quando observamos a média desse mês, já há crescimentos expressivos sobre os outros anos. Estamos bem encaminhados para superar as metas do ano passado”, observou Antonio Megale, presidente da associação.

A Anfavea projeta crescimento de 5% nas exportações em 2018, fechando o ano com 800 mil veículos embarcados. Caso o prognóstico seja alcançado, será um novo recorde para o setor, superando o resultado de 2017, de 766 mil unidades.

Em valores, os embarques de janeiro – aos que se somam também exportações de máquinas agrícolas e rodoviárias, autopeças e serviços prestados por montadoras – cresceram 26% sobre o mesmo mês do ano passado, gerando US$ 1,03 bilhão ao setor. Em relação a dezembro, a receita com as vendas externas caiu 21,6%.

A produção de veículos foi 24,6% maior no primeiro mês do ano, comparado com janeiro de 2017, e 1,5% superior a dezembro. Saíram das linhas de montagem 216,8 mil unidades, de acordo com a Anfavea.

“Os números da produção, em janeiro, mostram tendência positiva. Desde janeiro de 2016, voltamos a crescer no mês e já estamos em 217 mil [veículos], que é a média dos últimos dez anos. Estamos saindo da fase depressiva do mercado e indo para números mais importantes”, disse Megale.

O mercado doméstico começou 2018 em alta, com 181,3 mil unidades comercializadas, crescimento de 23,1% sobre o mesmo mês do ano passado. Mas na comparação com dezembro, as vendas caíram 14,7%.

*Com informações da Agência Brasil

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form