logo_anba_pt logo_camera_pt
14/02/2018 - 07:00hs
Compartilhe:

Líbano compra caminhões de lixo da Mercedes do Brasil

País árabe importou mais de 80 caminhões da fábrica da montadora de São Bernardo do Campo (SP). Grande parte das encomendas foi do Atego 1729 4x2 coletor de lixo.



São Paulo – Na primeira quinzena do ano, um lote de 25 caminhões coletores de lixo Mercedes-Benz Atego 1729 4x2 produzidos na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) embarcou rumo ao Líbano, parte de uma encomenda de 54 caminhões feita por um cliente local. O país árabe foi, segundo a companhia, um dos destaques em exportações no ano passado: saltou de seis unidades encomendadas em 2016 para mais de 80 caminhões em 2017.

“O Líbano retomou as vendas no último ano, principalmente no segmento de caminhões para coleta de lixo”, destacou a Mercedes do Brasil em nota enviada à ANBA.

Os modelos foram adaptados para atender à demanda do cliente e à legislação local: o entre-eixo ficou mais curto, dos 4,8m tradicionais foi reduzido para 4,2m; e foi instalada uma iluminação de emergência do tipo giroflex no teto da cabine. Eles serão usados por um cliente na capital do Líbano, Beirute.

Segundo a empresa, os países do Oriente Médio e Norte da África receberam 200 caminhões brasileiros no ano passado. “Esse volume negociado demonstra, cada vez mais, que temos conquistado clientes no Oriente Médio, região que, juntamente com o Norte da África, tem reconhecido as qualidades do produto brasileiro”, afirmou, em nota, Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina.

Os produtos exportados para esses mercados passam por adaptações em um Centro de Customização na fábrica paulista. Após sair da linha de montagem, os caminhões entram nesse centro e recebem alterações para se enquadrar tanto nas diferentes exigências de legislações dos mercados externos como nas demandas especiais de cada cliente.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form